Onde a realidade se encontra com a ficção
 
 
 
 
Quando penso em nós, em tudo aquilo que passámos... Apercebo-me de que o nosso amor se assemelha àqueles que eu li tantas vezes nos
livros. Sempre nos conhecemos e a maneira como a nossa amizade se transformou em algo mais. O termos namorado quando ainda éramos demasiado jovens, mas daí ter
resultado um grande amor. Termos tido outras pessoas, mas sem nunca esquecermos quem amávamos na realidade. Termos continuado os melhores amigos, sempre
fingindo que não passava daquilo, que não existia mais nada entre nós. O termos voltado a namorar porque não aguentávamos mais aqueles sentimentos todos dentro
de nós. Toda a história que se passou num ano e seis meses, todos os momentos, todas as palavras e gestos. E no fim, a forma como tudo se desenrolou. Como tudo
acabou mal, como tudo se desmoronou, como chegámos a este ponto de nem sequer nos falarmos. A mágoa que ficou dentro de mim, a forma como seguiste a tua
vida.
Infelizmente, este foi daqueles romances que acabou muito mal. Daqueles que nos dá vontade de ir ter com o escritor e perguntar "porquê?".
Mas isto não é um livro, não é uma história fictícia...isto foi a realidade, a nossa realidade. E por muito que eu gostasse que tivesse sido tudo diferente,
que tudo tivesse acabado com um "foram felizes para sempre", não foi isso que aconteceu. E, agora, não há volta a dar.
publicado por Dreamer às 20:35 | link do post
Gosto de pensar que no fim tudo dá certo, que se ainda não deu certo é porque ainda não chegou ao fim.
Vera, a Loira a 21 de Abril de 2012 às 01:41
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Abril 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
17
20
22
27
28
29
30
comentários recentes
Gostei da forma como integrou dois dos meus textos...
Ao ler este texto, bem como mais alguns que tive o...
Eu acho que se pode amar um vício, desde que ele n...
Somos dois...Deixei de acreditar...
Por acaso não acredito no "Para sempre"
Gosto de pensar que no fim tudo dá certo, que se a...
Há portas que têm mesmo de fechar, mas por vezes f...
arquivos
Posts mais comentados
2 comentários
1 comentário
1 comentário
blogs SAPO