Onde a realidade se encontra com a ficção

 

 

 

 

Existem dias em que te cansas de ficar pendente numa caixa de mensagens. E chegas a cansar-te de tentar, uma e outra vez... No fundo, o que te dá força é a esperança que dê certo, desta vez. Mas nunca gostei de extremos, não gosto de ir do oito ao oitenta de um minuto para o outro. Mas isso sou eu... Aquele que um dia esteve disposto a arriscar...

Bem, mas falando no que me leva a dizer-te tudo isto… Acho que já me desabituei
de ti.
Acusa-me por ser banal e querer tornar-te apenas um vício. Na verdade, habituei-me a ti, à tua presença, à tua voz sussurrada aos meus ouvidos nas milhentas noites que compartilhámos...

Habituei-me à tua luz nos meus dias… E como todos os viciados, acabei por sentir a tua falta quando tudo acabou. Tal como eles chorei, pensei desistir por não aguentar mais, quis voltar para ti porque seria tudo mais fácil. Para que percebas, prometi a mim mesmo que
seria a última vez que estaríamos juntos… E perdi a conta ao número de promessas.

Parece que já passou tempo suficiente. Do amor ao hábito é um pequeno passo e pude comprová-lo no que à paixão diz respeito. Paixão, sim. Podes tirar esse sorriso irónico da cara porque sei que foi apenas paixão, pura e dura. O amor tem que ser mais e por achar que o amor é muito mais, que afirmo que nunca te amei. Não se pode amar um vício. . .
Agora poderás vir sempre que quiseres. Desabituei-me de ti e revolve-me o estômago a simples ideia de beijar esses teus lábios, que em tempos
já foram o meu mundo. Acho que te criei aversão. Podes chamar-lhe muros, barreiras, o que quiseres. Eu prefiro evitar esses nomes porque será ainda
dar-te muita importância. Quero que coexistas comigo, sem barreiras e sem nada, porque será sinal que o meu vício de ti já passou… E não haverá volta a dar...
publicado por Dreamer às 15:29 | link do post
sinto-me:
música: Greyson Chance - Waiting Outsine The Line
 
 
 

As músicas que marcaram o 25 de Abril.

E o começo da nossa LIBERDADE!

publicado por Dreamer às 22:00 | link do post

 

 

De que valeu o suspiro de saudade?
De que valeu a melancolia pelos desencontros?
De que valeu a esperança por novo encontro?
De que valeu as luzes de vela?
De que valeu aquele sorriso seguido de uma dança?
De que valeu o desejo dos nossos corpos?
De que valeu querer tanto que os nossos destinos se encontrassem?
De que valeu o vento nos nossos rostos?
De que valeu o beijo com gosto de quero outro?
De que valeu dizer "esperei muito tempo por este momento"?
De que valeu o abraço quando a saudade era maior que nós os dois juntos?
Diz, de que valeu a espera sem saber que um dia teríamos este desencontro?

Eu já sei responder...e tu sabes? Podes fazê-lo...

 

 

publicado por Dreamer às 15:49 | link do post

 

 

E tu achas que eu vou ficar aqui até quando? Achas que eu vou esperar para que acordes e dês valor? Errado. Eu ainda te quero sim, mas já estou a ir embora. E  no dia que eu for de verdade, esquece-me! Porque eu não vou voltar mesmo. Eu  gostava do teu jeito, e acho que foi aí que errei, porque eu devia  simplesmente não gostar de nada referente a ti, mas eu . Foste única, e  desde o primeiro momento que passei contigo, eu senti o meu coração a bater de  alegria, e acredita, foi de verdade. Eu sei, tu sabes, todo mundo sabe, que  quando eu falo que já não te quero é porque eu ainda não me esqueci, e quando tu dizes  que não me queres é porque queres, porque quem não se importa, não diz nada.  Só quero que tu penses, reflictas. Vai  para o espelho, e olha para ti.  Depois de falares, vai embora... Só não  voltes dizendo que te arrependeste!
Tens um minuto para pensar, e decidir... A tua decisão de hoje, pode pesar amanhã, então, pensa bem! Já corri atrás de ti várias vezes, hoje páro e penso: o que é que eu ganhei com isso? E a minha resposta é: absolutamente nada, pelo contrário,  perdi muito tempo atrás de alguém que não merecia um minuto do meu tempo.  Eu já me cansei, hoje posso falar, não só falar, mas posso-te provar isso para ti.  Não me faças provar, vais sentir a minha falta, garanto-te. Pensa muito bem no que  dizes, um dia poderás ser escrava das tuas palavras, e nesse dia, vou  querer estar do teu lado, para te provar que eu sempre estive certo. Tu fazes  e vives de coisas que não és, tu pensas que enganas alguém, mas no fundo, a única  enganado és tu. ACORDA! Para que é que fazes isto? É bom para ti magoar as pessoas?É bom não assumir um sentimento por alguém? Tudo bem, tens muito que crescer ainda, mas já paraste para pensar que um dia eu me vou cansar de vez e vou abrir mão de verdade? Se não pensaste, pára e  pensa, o para sempre, um dia tem que acabar.
 

 


 

publicado por Dreamer às 21:29 | link do post
publicado por Dreamer às 20:24 | link do post

 

 

 

publicado por Dreamer às 13:20 | link do post

 

 

Existem dias em que te cansas de ficar pendente numa caixa de mensagens. E chegas a cansar-te de tentar, uma e outra vez... No fundo, o que te dá força é a esperança que dê certo, desta vez. Mas nunca gostei de extremos, não gosto de ir do oito ao oitenta de um minuto para o outro. Mas isso sou eu... Aquele que um dia estava disposto a arriscar...Durante muito tempo, eu esperei por ti. Durante mais tempo ainda, tu foste a única a preencher-me, dessa forma, o coração. Mas esse tempo passou, as marés foram mudando entretanto e eu cansei-me dos nossos altos e baixos.
Não voltes... A porta fechou-se

publicado por Dreamer às 00:02 | link do post
publicado por Dreamer às 12:49 | link do post

 

 

 

 

"Toda a família tem seus segredos, cada casa tem seus quartos fechados. Há portas
que é melhor não abrir."

 

publicado por Dreamer às 14:30 | link do post
música: Boyce Avenue - Someone Like You

 

E tu achas que eu vou ficar aqui até quando? Achas que vou esperar que acordes e dês valor? Errado!
Eu ainda te quero sim, mas vou embora. E no dia em que eu o decidir, esquece-me, porque não vou voltar mesmo! Eu sempre gostei desse teu jeito e acho que foi aí que errei, porque não devia gostar de nada que me faça lembrar de ti...
Quero que pensas e reflitas! Olha para o espelho! Verás a minha imagem do outro lado e se isso não acontecer só quero que me olhes nos olhos e me digas que não queres mais... 

Se conseguires parabéns, jamais serás minha, mas que  tenhas na consciência que qualquer sorriso te pode entregar... E depois de falares, vai embora mas não voltes e digas que te arrependeste!

 

 

publicado por Dreamer às 18:09 | link do post
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Abril 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
17
20
22
27
28
29
30
comentários recentes
Gostei da forma como integrou dois dos meus textos...
Ao ler este texto, bem como mais alguns que tive o...
Eu acho que se pode amar um vício, desde que ele n...
Somos dois...Deixei de acreditar...
Por acaso não acredito no "Para sempre"
Gosto de pensar que no fim tudo dá certo, que se a...
Há portas que têm mesmo de fechar, mas por vezes f...
arquivos
Posts mais comentados
2 comentários
1 comentário
1 comentário
subscrever feeds
SAPO Blogs